FANDOM


CharmedRewitched.jpg
Bruxas
Informação Biográfica
Nome

Bruxas

Subespécie
  • Bruxa-Guardião
  • Bruxa-Cupido
  • Bruxa-Fantasma
  • Bruxa-Empata
  • Bruxa Phoenix
  • Bruxa-Firestarter
Distinção

Praticantes Wicca ou praticantes de Bruxaria

Alinhamento

Bom ou Mal

Afiliação

Guardião de Luz

Poderes
.
"Somos bruxas, querida. Podemos fazer de tudo!"
Penny para suas netas.[src]

Bruxas são seres mágico agraciados com o poder de fazerem feitiços, poções e encontrar pessoas e objetos por crital e mapa. A maioria dos bruxos também são dotados de um poder próprio ligado às suas emoções que podem ser utilizados para fins defensivos, já que a maioria das bruxas são muitas vezes alvo de outros seres mágicos. Os poderes podem variar, podendo ser desde de Premonição à Deflexão, ou Projeção. O método para que uma bruxa usa seus poderes vai distingui-lo ou ela como bons ou maus.

Descrição Editar

Comunidade Mágica Editar

"As bruxas comprometeram-se a lutar pelo Bem Maior à séculos..."
—Uma Ninfa falando sobre o papel da bruxas durante um encontro da Comunidade Mágica.

As bruxas boas tem dentro da comunidade Mágica, o papel de lutar pelo Bem Maior, que é proteger mortais e todos os seres mágicos dos ataques demoníacos, usando feitiços e poções para destruí-lhos. Esses seres que as bruxas tem que proteger são chamados de inocentes.

Poderes Editar

Uma bruxa nata é descendente de filha de Neena, que herdou um pequeno pedaço do Todo quando eles nascem, que é o suficiente para que tenham um poder ativo. Habilidades sobrenaturais de uma bruxa são normalmente expostas em sua infância, embora seu poder podem permanecer dormentes até a idade adulta [1][2]! No entanto, também é possível que uma bruxa possua seus poderes ativos logo após sua concepção [3]

Dois pais mortais podem produzir uma bruxa cheia, mas esta é uma ocorrência rara. Da mesma forma, uma bruxa pode produzir uma criança mortal, conhecido como "portador", sendo que eles carregam o gene mágico que pode ser herdado por seus próprios filhos [4]

Janela da Oportunidade Editar

A Janela da Oportunidade é uma "porta" usada pelas bruxas, que dura 48 horas para proteger o Livre Arbitro, oferendo a bruxas o direito de usar seus poderes par ao mal ou para bem, podendo escolher usar seu poder, para decidir o seu destino como bruxa boa ou má. Se optar por usar os seus poderes para o bem, então eles têm direito a um Guardião de Luz, que pode ter sido atribuído a eles logo após o seu nascimento. Além disso, uma jovem bruxa inexperiente pode ser guiada por um familiar, que os protege enquanto aprendem sobre bruxaria. Uma vez que um familiar não é mais necessário, ele vai deixar para orientar outras bruxas inexperiente.

Rede Wicca Editar

A Rede Wicca, obrigação moral que recai sobre todas as bruxas. Nela, fala que uma bruxa não deve usar seu poderes para prejudicar outras pessoas. Se houver uma violação da Rede Wicca, e a bruxa usar seu poder contra algum inocente ou qualquer ser mágico do bem, eles se tornarão uma Feiticeira. Se uma bruxa tentar lançar um feitiço para benefício pessoal, muitas vezes sai pela culatra, afetando a bruxa de forma negativa.

Bookofshadows.jpg

Livro das Sombras Halliwell.

Livro das Sombras Editar

É esperado que uma bruxa possua um Livro das Sombras, onde possua seus feitiços, poções e informações relacionadas aos demônios, feiticeiros, poderes, objetos mágicos e todas as informações necessárias para ajudar na jornada como bruxa. O Livro pode ser passado de geração em geração para que outras gerações possam ver o que já foi passado, e acrescentar novas informações para os próximos bruxos que virão. O Conselho de Anciões incentivam as bruxas a manter o Livro das Sombras em uma sala de altar, que é um lugar sagrado e pode ser protegido.


Inimigos Naturais e Fraquezas Editar

Jeremy athame.jpg

Jeremy, um feiticeiro.

Na maioria das vezes as bruxas boas são alvo de feticeiros, Demonios. A ameaça mais comum de bruxas boas são a caça de Feticeros, para capturar e matá-los, a fim de roubar o poder. Armado com seu poder de Piscar de lugar para lugar, feticeiros podem facilmente vitimizar bruxas boas que não podem defender-se ou não sabem como usar seu poder para se defender. Demônios freqüentemente procuram destruir bruxas boas, a fim de diluir o fileiras do Bem modo que os ganhos mal a mão superior na batalha contra o bem e o mal. Apesar de alguns demônios são contratados para derrubar bruxas boas, outros nascem com o desejo de dizimar bruxas boas e procuram matá-los apenas para o esporte.

História Editar

Origem Editar

Há milhares de ano, quando o mundo era escuro e assustador, uma mulher chamada Neena encontrou o Nexus, que é um poderosa energia espiritual chamada Todo. No ínicio, Neena tinha medo do que era capaz o Todo, mas depois ela acabou por se encher de bravura e conectou-se ao Nexus do Todo e partilhou o namorado. Os dois tinham mais poder que qualquer ser humano já tivesse alguma vez destinado a possuir. Eles se tornaram imortais e invencíveis; a convexão psíquica com o Todo, os fizeram transcender para um plano elevado, conhecido como Reino Superior, onde só existia felicidade.

Entretanto, a presença deles no Reino Superior conteve o Todo, e a Terra começou a morrer. Eles foram obrigados e voltar para a Terra, onde Neena deu à luz a duas crianças também mágicas. A Primeira criança foi uma mulher, e ela teve os mesmo poderes de Neena, só que mais fracos, sendo que foi a partir desta criança que nasceram as bruxas. A segunda criança foi um homem, e ele também teve os mesmo poderes de Neena, só que mais fracos, sendo que ele os usou para fins malignos e foi deles que nasceram os feiticeiros.

Melinda painting.jpg

Melinda Warren.

Julgamento em Salém Editar

Em Salém, muitas bruxas foram capturadas e enforcadas ou queimadas pelo mortais, que temia a sua bruxaria. Algumas bruxas escaparam dos caçadadores de bruxas e se esconderam nas cavernas e outros esconderijos onde podiam usar e praticar seus poderes; uma delas foi Melinda Warren, que era considerada uma das mais poderosas bruxas de todos os tempo. Melinda se sacrificou para que os caçadores mantivesse sua filha, Prudence Warren, da perseguição. Antes de sua morte, ela teve uma visão, e profetizou que cada um de seus descendentes iriam crescer mais e mais forte até a chegada das Encantadas, que iria enfrentar todo o tipo de mal. Depois de décadas de enforcamento e queima, a maioria das bruxas estavam mortas ou escondidas.

Classificação Editar

Bruxas Boas Editar

Bruxas Boas são bruxas que escolhem usar seus poderes para proteger inocentes, usando apenas para ajudar a quem precisa, não podendo usar seus poderes para Ganho Pessoal. Há uma hierarquia mágica, onde tanto homens quando mulheres podem ser Bruxas de Baixo Nível ou de Alto Nível. Tendo sangue, que é infundida com o seu poder, a bruxa pode ou não estar ciente disso, mas, muitas vezes, veem a perceber isso, mesmo de que às vezes precisem de ajuda mágica para entender e aproveitar os seus poderes.

Direitos Editar

  • Guardiões:Todas as bruxas boas tem um Guardião de Luz, que é responsável pode guiar e proteger a bruxa. Se a bruxa é ferida durante algum ataque demoníaco, esse Guardião pode curar essa ferida. Além disso, bruxas e guardiões tem uma ligação, onde o guardiões pode ouvir seu encargo quando chama, ou até mesmo, sentir as emoções de algum ataque por exemplo. Eles são atribuídos aos seus encargos pelos Anciãos, que também podem oferecer seus conselhos para as bruxas.
  • Familiares:Após a entrada em seus poderes, a Bruxa Boa, muitas vezes, ter um familiar, um animal mágico que é acusado de guiar Bruxas boas do bem, enquanto aprendem o ofício, oferecendo orientação, carinho e uma maior consciência do meio ambiente. O familiar pode ser um gato, cachorro, coelho, cavalo cobra, ou qualquer outro animal.

Bruxas Más Editar

StillmanBos.jpg

As Irmãs Stillman com o Livro das Sombras.

As bruxas más tendem a usar sua magia contra outros seres, incluindo os seres humanos e, muitas vezes usar magias para alcançar as metas. Algumas bruxas más também levá-la ao extremo e matar bruxas boas. Matar de desdém Seres Bom, bruxas malvadas diferem de Feiticeiros, porque feiticeiros matam para roubar os poderes, enquanto bruxas más, são contra bruxas boas e seres do do bem, matando-os não para roubar seus poderes. Como bruxas boas, bruxas más têm Familiares mas em vez de orientá-los, o familiar serve como um mecanismo para atingir seus objetivos. O Familiar, muitas vezes, é enviado para localizar uma pessoa ou objeto e, em alguns casos para atacar um alvo. Mas ao contrário de bruxas boas, bruxas más não possuem Guardiões de Luz.

Praticantes de Bruxaria Editar

Janna and the power stripping potion.jpg

Praticantes de Bruxaria, também chamadas de Bruxas Praticantes, são seres mortais que acreditam na existência de magia, e tendem a praticar bruxaria, lançando feitiços, criando poções, e até mesmo fazendo bençãos e oferendas a deuses. Às vezes, eles podem ser altamente qualificados nas artes mágicas e conhecedores mas ao contrário de bruxas reais, seu sangue não é infundida com Magia. Alguns praticantes bruxa às vezes têm o verdadeiro poder mágico latente, ou simplesmente por falta de um poder ativo. Essas bruxas não são imunes ao poder de Imobilização molecular.

Bruxas Phoenix Editar

Durante os julgamentos, os ancestrais das Encantadas trabalharam com outra família mágica conhecida como Marks a tentar proteger as bruxas dos Julgamentos, apesar de os detalhes exatos serem desconhecidos. Consumidos por sua fúria da perseguição durante o Julgamento das Bruxas, uma raça poderosa das bruxas assassinas, conhecido como Phoenix, renasceu das cinzas com vingança em seu coração que vai derrubar qualquer um que são contratados para.

Poderes e Habilidades Editar

Notas Editar

"Velhas de nariz ponto-e-agudo voando numa vassoura. Isso é o que estamos celebrando. Pessoalmente estou ofendida pela representação das bruxas na cultura popular."
—Phoebe criticando o estereotipo das bruxas.[src]
Phoebe in broom.jpg

Phoebe voando na vassoura.

  • No Universo de Charmed o estereotipo das bruxas foi acidentalmente criado por Phoebe quando ela viajou ao século XVI para salvar a sua ancestral Melinda Warren. As Encantas tinham conseguido raptar a grávida Charlote Warren e a trouxeram a um Altar Wicca onde ela daria luz à menina. Infelizmente elas estavam prestes a ser atacadas por caçadores de bruxas por isso Phoebe pegou numa vassoura encantada e voou. Embora a única magia que ela tenha usado era a vassoura, ela foi capaz de assustar os caçadores de bruxas, criando o estereotipo.
  • As origens das bruxas está baseada na história de Adão e Eva. Ela é contada nos quadrinhos, no The All or Nothing por Leo. Não é a primeira vez, porém, que os roteiristas de Charmed incorporam mitos e lendas à história da magia.
  • Todas as crianças nascidas depois dos filhos de Neena, não tinham nenhuma forma de magia, mas poderia se conectar, como Praticantes Wicca fazem; em alguns caos, as Praticantes podem dar à luz a uma bruxa completa, como aconteceu com Charlote Warren e Melinda Warren. [5]

Referências Editar

  1. Como aconteceu com Billie Jenkins.
  2. Patricia Halliwell não desenvolveu seus poderes até a idade de 16 anos.
  3. Como acontece com Phoebe e Wyatt, que desenvolveram seus poderes logo após o nascimento. Phoebe, entretanto, desenvolveu seus poderes enquanto sua mãe estava grávida, já que Patty teve premonições durante a gravidez.
  4. Como acontece com Helen Jenkins. Sua mãe era uma bruxa, e no entanto, ela não desenvolveu poderes; suas filhas, porém, Billie e Christy, são bruxas natas.
  5. Como visto em "The All or Nothing".

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória